terça-feira, janeiro 30, 2007

MORRISSEY

(este post é para o Pedro Mexia)
Steven Patrick MORRISSEY nasceu a 22 de Maio de 1959, em Manchester, Reino Unido. Foi o lendário vocalista dos The Smiths. "First Of The Gang To Die", está incluída no seu álbum a solo "You Are The Quarry", de 2004.



FIRST OF THE GANG TO DIE

You have never been in love
until you've seen the stars
reflect in the reservoirs
and you have never been in love
until you've seen the dawn rise
behind the Home For The Blind
we are the Pretty Petty Thieves
and you're standing on our streets
where Hector was the first of the gang
with a gun in his hand
and the first to do time
the first of the gang to die
oh my
Hector was the first of the gang
with a gun in his hand
and the first to do time
the first of the gang to die
oh my
You have never been in love
until you've seen sunlight thrown
over smashed human bone
we are the Pretty Petty Thieves
and you're standing on our streets
Where Hector was the first of the gang
with a gun in his hand
and the first to do time
the first of the gang to die
such a silly boy
Hector was the first of the gang
with a gun in his hand
and a bullet in his gullet
the first Lost Lad under the sod
And he stole from the rich and the poor
and the not-very-rich
and the very poor
and he stole all hearts away


§


O PRIMEIRO DO GANG A MORRER

Nunca estiveste apaixonado
se nunca viste o reflexo
das estrelas no reservatório

Nunca estiveste apaixonado
se nunca viste o dia crescer
por detrás do Lar para Cegos

Nós somos os Belos Ladrões Insignificantes
e tu estás na nossa rua
onde Hector foi primeiro do gang
com uma arma na mão
o primeiro a cumprir tempo
o primeiro do gang a morrer
oh sim
Hector foi o primeiro do gang
com uma arma na mão
o primeiro a cumprir tempo
o primeiro do gang a esticar
oh sim

Tu nunca estiveste apaixonado
se nunca viste raios de sol abandonados
sobre ossos humanos esmagados

Nós somos os Belos Ladrões Insignificantes
e tu estás na nossa rua
onde Hector foi o primeiro do gang
com uma arma na mão
o primeiro a cumprir tempo
o primeiro do gang a finar
que tolo foi

Hector foi o primeiro do gang
com uma arma na mão
e uma bala na goela
o primeiro rapaz perdido sob a erva

E ele roubava aos ricos e aos pobres
e aos não-muito-ricos
e aos muito pobres
e roubou-nos o coração de vez


2 comentários:

Luís Filipe Cristóvão disse...

Excelente música e excelente poema.

;)

Gledwood disse...

Cumprimentos meu amigo novo! Que local colorido maravilhoso você tem aqui!

Tais fotografias encantadoras! Eu faço um blog é chamado demasiado que gledwood2.blogspot.com e você é a maioria de boa vinda a visitar.

É muito diferente a seu. É um blog secreto do diário que diz segredos e verdade que você não saberia. Eu olho para a frente a vê-lo lá.

Todo o mais melhor agora. Gledwood.